Iluminação

A técnica de iluminação paisagística adequada é aquela que valorizar uma vegetação específica, e é capaz de determinar o papel que esta vegetação desempenha na composição de luz e efeitos visuais desejados. Poeticamente: “De dia a vegetação brilha, mas de noite ela encanta” Para definir o tipo de iluminação é preciso considerar a direção da luz, a intensidade dela e o sistema de fixação da luminária. A luz pode ser direcionada para baixo, para cima ou para os lados, e é a direção da luz que vai caracterizar a aparência da planta.

Para cada tipo de vegetação e ambiente, um sistema especialmente adequado para destacar as qualidades do ambiente: Uplighting, para um efeito dramático; Frontlighting, para valorização da textura e dimensão de vegetação densa; Backlighting, para causar um efeito de “silhueta” das copas; Sidelighting, para realçar a plasticidade da vegetação; Suavizado, para aumentar a harmonia; Profundidade, para um efeito 3D incrível e Efeito Auréola, ideal para criar ambientações cinematográficas.

Qualquer sistema escolhido tem relação direta com a escolha das lâmpadas e luminárias. A modelagem do espaço é caracterizada a partir da especificação destes equipamentos, definindo-se a quantidade, qualidade e distribuição de luz nos ambientes.

Jardim Cromoterápico

O jardim cromoterápico proporciona a sensação prazerosa de compor seu ambiente com cores sutis em movimento ou simplesmente a cor desejada no momento, as ações das cores refletem boas vibrações no jardim e no ambiente externo e interno de sua casa. O sistema é automatizado podendo agir automaticamente a ação das cores, ou controle remoto. Disponível a opção de acendimento automático conforme a claridade do dia ou acendimento manual…